Mais de 200 livros vendidos!

22 agosto, 2011

Graças ao lançamento (obrigado, Moacyr Alves Jr.!) , ao boca-a-boca, ao especial do UOL Jogos e ao anúncio do Mercado Livre, o livro “1983: O Ano dos Videogames no Brasil” vendeu mais de 200 unidades já.

Além disso, tenho recebido e-mails diversos de elogios e de “causos” muito bacanas ligados ao livro, algo que, fatalmente, daria outro livro. 😀

Muito obrigado a todos!

Anúncios

Nova edição da revista Jogos 80 on-line!

22 agosto, 2011

Com orgulho anunciamos a nova edição – de número 7 – da revista eletrônica Jogos 80, disponível para download aqui.

A edição traz uma entrevista inédita com o ex-sócio do Canal 3 Indústria e Comércio Ltda., o Sr. Joseph Maghrabi, pioneiro fabricante de cartuchos para Atari no Brasil. Há, também, um especial sobre a Vortex, criadora de jogos para os micros da linha ZX Spectrum, além de reviews de jogos (Robot Tank, Pegasus and the Phantom Riders, Roc´N Rope, RealSports Volleyball).

Boa leitura!


Quer comprar o livro?

15 agosto, 2011

Caro amigo? Viu o artigo da UOL e quer comprar o livro?

Simples, basta enviar um e-mail para: euquero1983@gmail.com


Lançamento oficial do livro!

30 julho, 2011

Amigos, novidades!

Anuncio com muita alegria que o livro terá lançamento oficial realizado pela ACIGAMES do amigo Moacyr Alves, o MoMo, na sexta-feira que vem, dia 5.

Informações aqui!

 


Resenha – 1983: O Ano dos Videogames no Brasil.

18 julho, 2011

Por Everton Padilha Gomes.

Como você acha que daqui a 50 anos vão analisar a nossa sociedade? Nossa maneira de ser, de viver? Situações que hoje parecem perfeitamente normais, mas que dentro de algum tempo parecerão pitorescas e até sem sentido?

Neste tipo de análise, existem dois tipos de narrativas: A primeira é aquela em que o autor relata o passado, a partir da perspectiva mais atual, aplicando inclusive os valores morais do “agora”. Essa abordagem, embora encampada por vários autores, falha em visualizar adequadamente o “momento” que relata, e, muitas vezes, se perde dentro da própria perspectiva filosófica do narrador.

O outro tipo de relato é aquele que de maneira direta, o narrador expõe o momento, suas nuances, e, pela própria narrativa, permite ao leitor que chegue às suas conclusões. Este tipo de narrativa, para ter sucesso, depende em grande parte do estilo literário do escritor, e da habilidade do mesmo em transmitir sua mensagem.

Neste aspecto, digno de nota é o livro “1983: O ano dos videogames no Brasil”. O autor, Marcus Chiado, entusiasta e grande conhecedor do assunto, de modo muito feliz, permite ao leitor que faça uma imersão no período de inserção dos videogames, ou “videojogos”, como alguns à época se referiam àquele novo segmento eletrônico.

Ele, de modo bem detalhado, porém com uma narrativa muito dinâmica, transcorre pela reação da sociedade, empresários e aceitação popular.

O livro prima por ser bem embasado, repleto de referências bibliográficas. É ricamente ilustrado, e enfaticamente embasado nos produtos nacionais, em um nível raramente visto em um trabalho do gênero. Chiado não se contentou somente em fazer um simples garimpo de dados publicados. É fascinante ver os relatos de alguns pioneiros que o autor entrevistou, como Ralph Bauer, idealizador do Odyssey, ou empresários da época. E como o trabalho de um verdadeiro garimpeiro, encontramos algumas pérolas que são instrutivas aos mais novos, e que remetem a ótimas lembranças aos mais velhos.

Se há alguma observação a ser feita sobre este trabalho, é que o mesmo deixe aquela vontade latente de continuar lendo sobre a história dos videogames, e o seu impacto na sociedade brasileira.

1983: O ano dos videogames no Brasil – é leitura obrigatória a todos aqueles que tenham interesse em entender os primeiros movimentos da moderna indústria de eletrônicos no país, ou que tenham o interesse saudosista de relembrar o frenesi de uma novidade tecnológica tão impactante em nosso país, que afetou as mais diversas classes sociais, como o videogame.


Livro com preço normal

9 julho, 2011

Caros amigos,

O período de promoção passou, portanto, o livro agora é vendido pelo preço normal de R$ 45,00 com frete incluso para qualquer estado do Brasil.

Ele deve chegar da gráfica nesta semana. Iniciarei o envio de quem pagou imediatamente.

Há também uma novidade: o livro terá lançamento oficial – com direito a autógrafos – em uma das unidades da loja UZ Games. Data a ser confirmada.

 


O livro já tem preço!

25 junho, 2011

Já estou de posse do valor final do livro “1983: O Ano dos Videogames no Brasil”. Felizmente, consegui um valor ótimo! Consegui uma condição por meio da qual poderei vendê-lo por R$ 39,99. E não é só isso: com TODO o conteúdo EM CORES.

No caso, o “todo” se refere a todas as imagens cujas fontes estavam realmente em cores. Uma parcela, ressalto, sempre esteve em p&b. Porém, a quantidade final de páginas coloridas será MUITO maior que a previsão inicial de apenas 16.

E não bastasse isso, farei uma promoção: quem efetuar o depósito até sexta-feira que vem, dia 01 de julho, ganhará ainda o FRETE GRÁTIS para qualquer lugar do Brasil.

R$ 39,99 = Livro Colorido + Frete Grátis até 01/07. Após a data, o valor definitivo será R$ 45,00 com frete incluso para todo o país.

Favor entrar em contato para receber os dados bancários. Caso queira fazer um depósito identificado, seria o ideal. Basta fornecer seu nome ao caixa no momento da operação.

Caso não opte por identificar o depósito, NÃO ESQUECER DE ENVIAR SCAN DO DEPÓSITO/COMPROVANTE, pois ficará difícil, para não dizer impossível, controlar os valores somente via extrato bancário. Não se esqueça, também, de enviar seu endereço completo para envio!

O livro está a caminho da gráfica já. Tão logo estiver pronto, será enviado imediatamente.

As informações finais, então, referente a ele:

Título: 1983: O ANO DOS VIDEOGAMES NO BRASIL.
ISBN: 978-85-910970-1-2.
Número de Páginas: 108 em cores.